Entenda a diferença entre as licenças para produtos controlados

Entenda a diferença entre as licenças para produtos controlados

Para poder trabalhar com produtos controlados, é preciso ter uma licenças para produtos controlados própria, emitida pelos órgãos de segurança pública responsáveis por cada produto controlado que seja objeto de atividade da empresa.

Cada órgão responsável possui uma lista de produtos controlados para poder manter a fiscalização e o controle da movimentação dos mesmos. 

Para que você possa entender melhor, nós fizemos esse conteúdo com a diferença entre as licenças para produtos controlados, leia abaixo.

O que são produtos controlados?

PRECISA DE ASSESSORIA PARA PRODUTOS CONTROLADOS? FALE COM NOSSA EQUIPE!

Produtos controlados são substâncias químicas que podem ser empregadas na fabricação de drogas ilícitas, entorpecentes, armas químicas, explosivos etc.. 

Por conta do fator de risco que oferecem para a população e ao meio ambiente, a regularização e fiscalização desses produtos é bem rigorosa com o objetivo de mitigar os riscos de desvio destes produtos para uso inadequado.. 

Para manter os artigos em condições seguras, é preciso fazer o planejamento da logística de armazenamento e manuseamento dos produtos controlados, buscando prevenir futuros acidentes e imprevistos. 

E é por esse motivo que existem os órgãos de segurança pública, sendo cada um responsável por uma categoria de produtos. 

Órgãos responsáveis pela licenças para produtos controlados

No Brasil, os órgãos responsáveis pela fiscalização e controle dos produtos controlados são a Polícia Civil, Polícia Federal e o Exército. 

Veja como é a atuação de cada um:

Polícia Civil

A Polícia Civil fiscaliza os produtos químicos controlados, sendo a Divisão de Produtos Controlados e Registros Diversos (DPCRD) o setor responsável por essa área. 

O processo de fiscalização ocorre em todas as etapas, que devem seguir as regras e normas da Divisão de Produtos Controlados e Registros Diversos (DPCRD), começando pela fabricação e seguindo até a comercialização. 

A fiscalização ajuda a manter a segurança dos produtos e a integridade física dos indivíduos, podendo ser contratada uma empresa de Gestão Segura de Produtos Químicos para auxiliar nessa etapa. 

Clique no link a seguir para saber mais sobre produtos controlados pela polícia cível

Polícia Federal

A Polícia Federal também realiza a fiscalização de produtos químicos controlados, através da Portaria MJSP nº 240/2019, que estabelece os procedimentos para o controle e fiscalização dos produtos químicos e define os produtos químicos sujeitos ao controle pela Polícia Federal.

No órgão federal, o setor responsável pela fiscalização é a Divisão de Controle de Produtos Químicos (DCPQ), que garante o exercício correto das atividades pelas empresas, sempre dentro da legislação. 

Clique no link a seguir e saiba mais sobre licença de produtos controlados pela PF

Exército

Já o Exército, supervisiona os produtos controlados que se enquadrem nas categorias de armas, explosivos, munições e outros produtos químicos do gênero.  

Sua fiscalização dos produtos controlados contempla as etapas de fabricação, transporte, armazenamento e comércio, expedindo as licenças e certificados de registros. 

O controle desses produtos é muito importante para a segurança da população, por isso é preciso ter as licenças e registros em dias para poder manuseá-los. 

Clique no link a seguir para saber mais sobre como gerar guia de tráfego exército

Diferença entre as licenças para produtos controlados

Cada órgão fiscalizador exige uma licença diferente para o uso dos produtos controlados, que são regulamentados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ministério da Defesa, e Secretarias de Segurança Pública de cada estado. 

Somente com as respectivas licenças você estará habilitado a utilizar e comercializar esses produtos, portanto confira quais são as licenças de funcionamento para produtos controlados: 

Licenças da Polícia Federal

  • Certificado de Registro Cadastral (CRC): Para pessoas físicas e jurídicas que fabricam, comercializam, transportam ou possuam alguma atividade relacionada ao uso de produtos químicos, o que também inclui as atividades agropecuárias e de pesquisa científica. Este documento não possui prazo de validade;
  • Certificado de Licença de Funcionamento (CLF): Para pessoas jurídicas, este documento é necessário para manusear os produtos controlados. Pessoas físicas que exerçam atividades rurais ou de pesquisa também necessitam desse certificado. Sua validade é de um ano a partir da data de emissão;  
  • Autorização Especial (AE): Para pessoas físicas ou jurídicas que necessitem utilizar, produzir, armazenar, exportar, importar ou realizar alguma atividade atípica com os produtos controlados. Possui validade de 120 dias;
  • Autorização Prévia (AP): Necessária quando um produto controlado passível de controle e fiscalização precise ser exportado, importado ou reexportado. Validade de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias dentro do prazo.  

Licenças da Polícia Civil 

  • Alvará para Produtos Controlados: Usado para comprovar a autorização do uso dos produtos controlados por pessoas jurídicas. Prazo de 1 ano com expiração no último dia de cada ano; 
  • Certificado de Vistoria: Também usado para a comprovação das atividades de produtos controlados e fiscalizados. Sua validade é de 3 anos. 

Licenças do Exército

  • Certificado de Registro (CR): Imprescindível para pessoas físicas ou jurídicas que realizem atividade com Produtos Controlados pelo Exército (PCE). Seu prazo de validade é de 3 anos, de acordo com o tipo de PCE e atividade desenvolvida;
  • Apostila: Documento complementar ao Certificado de Registro (CR). 

Gestão Regulatória de licenças para produtos controlados

Para poder manter as licenças em dia e acompanhar os prazos de vencimento e renovação, nós oferecemos o serviço de Gestão Regulatória de Licenças, que abrange todos os órgãos fiscalizadores, como a Polícia Civil, Polícia Federal, Exército Brasileiro, ANVISA, MAPA, IBAMA, Cetesb, etc..

Para solicitar uma consultoria, entre em contato conosco pelo formulário abaixo:

Gestão Regulatória de Licenças – Intertox

intertox

intertox

0 Comentários

Seu comentário: