Toxicologia Social: Uso abusivo de gases - cantora mirim intoxicada após brincadeira na TV

Em matéria publicada pela BBC na última semana, foi divulgada notícia sobre a cantora mirim japonesa, que sofreu intoxicação pela exposição ao gás hélio após uma brincadeira que envolvia a inalação do agente com a finalidade de modificar a voz. Segundo a matéria, o acidente ocorreu em um programa da emissora de TV japonesa Asahi, o que evidencia os riscos do uso recreacional de substâncias químicas e a subestimação do uso, ou do abuso de gases. 

O efeito atrativo do gás, que torna a voz bastante aguda (“fina”), é explicado pelo fato que a vibração das cordas vocais emite ondas que precisam de um meio de propagação, geralmente o próprio ar ambiente. Com a troca do ar ambiente pelo gás hélio inalado, ocorre uma mudança na velocidade de propagação das ondas sonoras que resulta no efeito agudo na voz.

O gás hélio é um gás incolor e inodoro, e como para outros agentes da categoria dos asfixiantes simples (tais quais hidrogênio, acetileno, etano e argônio), a intoxicação não envolve a ação direta do hélio com alvos biológicos, mas através do deslocamento do ar dos pulmões e consequente redução da disponibilidade de oxigênio para as células. Apesar da baixa densidade do gás hélio (aproximadamente 7 vezes mais leve que ar), o hélio pode permanecer nos pulmões após inalado.
Quando a concentração de oxigênio ao nível do mar está abaixo de 16%, ocorre redução da acuidade visual, alerta e coordenação motora. Em concentrações abaixo de 10%, pode ocorrer perda da consciência, e, em 6%, morte por hipóxia.

A venda de alguns gases para consumidor geral, como o caso do hélio, não é legalmente restrita em muitos países, e, o uso do agente, muitas vezes classificado como “inerte” (isso pela sua baixa reatividade com outras substâncias), pelo seu efeito atrativo, acaba provocando acidentes e resultando em emergências toxicológicas. 

Referências

http://www.cdc.gov/niosh/ipcsneng/neng0603.html

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2015/02/150206_japao_incidente_estrela_mirim_fn

{loadmodule mod_convertforms,Convert Forms}