Meio Ambiente: ferramentas de avaliação de impactos sobre a sustentabilidade

Sem dúvida alguma as questões e as teses ambientais viraram moda. E não de agora, sabemos. O fato de ser moda, no entanto, não é sinônimo de avanço no cuidado com o patrimônio ambiental. Pode se dar mesmo o contrário e é preciso que se esteja sempre criticamente alerta. Dentro desse modismo, que se espraia pelos mais diferentes setores e atividades da sociedade, acontece de surgirem tentativas de modelar/avaliar o impacto de intervenções públicas (como políticas) e privadas (como mega empreendimentos).

Isto tem lá seu significado, mas a pergunta que fica é: e quem avalia a ferramenta avaliadora (e nós temos outra a acrescentar, que é se a ferramenta inventada para avaliar, mede e avalia, de fato, o que precisa ser medido e avaliado – e veja-se que nem entramos no capítulo subseqüente que é o de comunicar o que foi medido e avaliado).

Seja como for, a pertinência, a aplicabilidade, dessas ferramentas de avaliação precisam ser discutidas. É mais ou menos isso que se pode encontrar com o SustainabilityA-Test, conforme revela o texto abaixo:

All kinds of existing and new (European) policies influence society"s sustainability. E.g. they affect the environment, the economy or institutions. Many tools (i.e. methodologies, models, approaches and appraisals) were developed to assess such policies either before or after they are implemented. Examples of such tools include Environmental Impact Assessment, Scenario Tools, Multicriteria Analysis, Cost Benefit Analysis and Accounting Tools. The SustainabilityA-Test project contributed to the EU"s and national sustainable development strategies by applying a consistent and comprehensive evaluation framework to validate these tools. Its main result is a catalogue of state of the art tools. In addition, an array of tools was tested in a case study on biofuel policies. The project was succeeded by the European INDI-LINK project.

The SustainabilityA-Test project was lead by IVM and carried out by four Dutch partners, thirteen other European partners and one Canadian partner. It was commissioned by the EU FP6-STREP programme.

Para um mergulho, o interessado poderá visitar a página do Institute for Environmental Studies (IVM), onde se encontra disponível um estudo de caso analisando, sob o tripé da Sustentabilidade, a crescente produção agrícola voltada à geração de energia face as políticas públicas adotadas pela Comunidade Européia.

{loadmodule mod_convertforms,InterNews}