Brasil supera meta de redução no uso de substâncias com potencial de destruir a camada de ozônio

Toxicologia Ambiental: Avaliação: 4.5/5 estrelas.

De acordo com notícia publicada em 17 de Setembro, o Brasil atingiu e superou a meta prevista para redução no uso de substâncias com potencial de destruir a camada de ozônio entre 2012 e 2015. Foi determinado pelo Protocolo de Montreal que países em desenvolvimento deveriam reduzir a utilização de substâncias que danificam a camada de ozônio em 10% até 2015, valor ultrapassado pelo Brasil, atingindo um resultado de 16,6%. 

Após a revolução industrial, a composição dos gases atmosféricos passou a ser radicalmente transformada. O ozônio é um gás produzido naturalmente na atmosfera terrestre e funciona como principal barreira para radiações eletromagnéticas emitidas pelo sol. Com a destruição de parte da camada de ozônio, as irradiações de raios ultravioletas nocivos aumentaram significantemente. O Protocolo de Montreal visa eliminar o uso de produtos químicos destruidores da camada de ozônio, dentre eles, o clorofluorcarbono (CFC).

Os clorofluorcarbonos incluem uma vasta gama de produtos utilizados principalmente na refrigeração comercial e industrial como em sistemas de ar condicionado e fabricação de espumas. O CFC é estável, porém na presença de radiações ultravioletas torna-se instável e produz uma reação fotoquímica, liberando átomos de cloro que reagem com o ozônio. 

Após a vitória do Brasil com resultado da redução dessas substâncias superior ao estabelecido, o país se compromete com nova meta de 40% na redução até 2020. Visando atingir novamente o ótimo desempenho, são necessárias mudanças das tecnologias usadas por setores industriais como espumas de poliuretano e refrigeração. Espera-se que o envolvimento de todos se mantenha, garantido uma redução gradativa dessas substâncias.

Referências

Preservação do ozônio premia empresas. Disponível em: http://noticias.ambientebrasil.com.br/clipping/2015/09/17/119069-preservacao-do-ozonio-premia-empresas.html. Acesso em 17 de Setembro de 2015.

Brasil propõe redução de 40% no uso de gases que destroem a camada de ozônio. Disponível em:http://noticias.ambientebrasil.com.br/clipping/2015/09/17/119055-brasil-propoe-reducao-de-40-no-uso-de-gases-que-destroem-a-camada-de-ozonio.html. Acesso em 17 de Setembro de 2015.

ATMOSFERA EM TRANSFORMAÇÃO: o ozônio e os CFCs, certezas e incertezas. Disponível em: http://www.geoambiente.ufba.br/ozonio.pdf. Acesso em 17 de Setembro de 2015.

O PAPEL DO DIREITO NA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE POR MEIO DA INOVAÇÃO: Acesso à informação ambiental e o estudo de caso da camada de ozônio. Disponível em: http://www.unitau.br/app/webroot/unindu/artigos/pdf499.pdf. Acesso em 17 de Setembro de 2015.

{loadmodule mod_convertforms,InterNews}