Armas Químicas: Palestra para Grupo de Resgate Atendimento a Urgências - GRAU

Camilla Colasso, especialista brasileira em armas químicas de guerra e gerente da Intertox, empresa reconhecida como referência nacional no segmento de segurança química, gestão ambiental e tecnologia da informação, ministrou palestra sobre armas químicas e terrorismo químico no auditório da Secretaria da Saúde de São Paulo dia 28 de março, das 19h30 às 22h00.

Com a proximidade dos Jogos Olímpicos no Brasil, a cidade de São Paulo receberá alguns jogos, e neste cenário, as forças armadas e grupos especiais das polícias e as equipes de atendimento a emergências têm se preparado cada vez mais. O convite para a realização da palestra foi feito pelo Dr. Jorge Ribera, diretor do Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências (GRAU).

O GRAU foi criado há 25 anos com o intuito de fornecer serviços médicos para auxílio às ações do Corpo de Bombeiros e, tornou-se referência em atividades de resgate e trauma no Estado de São Paulo e, é ligado à Secretaria de Estado da Saúde.

O evento contou com a participação de integrantes do GRAU, médicos, enfermeiros da Secretaria da Saúde, e também com membros do Exército Brasileiro e do Esquadrão Anti-Bombas de SP.

A palestra abordou o histórico do emprego destes compostos químicos, descrição das características dos agentes utilizados como armas químicas, além de descrever os sinais e sintomas e tratamento adequado em caso de contato com os mesmos.

O objetivo foi auxiliar as equipes na compreensão mais aprofundada destes compostos, uma vez que o Brasil receberá as Olimpíadas o que acarretará uma enorme visibilidade ao nosso país, e maior preocupação com possíveis ações de grupos extremistas. Neste contexto, além do alerta, a especialista Camilla Colasso também lançará em maio a primeira publicação brasileira sobre o tema, intitulada ‘Armas Químicas: o mau uso da toxicologia’.

{loadmodule mod_convertforms,Convert Forms}