Uso de substância química como medicamento para emagrecer provoca morte

A notícia publicada pela Folha de SP em 25 de abril de 2013 trás a tona um tema polêmico e comum, o abuso de produtos e medicamentos com a finalidade de emagrecimento adquiridos pela internet. Segundo a folha, a estudante de medicina britânica de 23 anos ingeriu produto químico 2,4- Dinitrofenol. Tal composto é empregado na fabricação de tintas, preservativo de madeiras, na fabricação de explosivos, como praguicida (“agrotóxico”), como revelador de fotografia, entre outros.

A estudante estava em tratamento para controle de bulimia, se sentia fora de peso e com problemas de auto-estima. A estudante adquiriu o composto pela internet e fez o uso. O uso de baixas doses do composto 2,4-Dinitrofenol (DNP) provoca aceleração do metabolismo, ou seja, aumenta a queima de gordura, aumento da transpiração, sensação de calor, perda de peso, aumento dos batimentos cardíacos, aumento da temperatura corporal e aumento da freqüência respiratória e pode levar à morte.

De acordo com dados descritos em fontes de pesquisa, a ingestão de doses mais elevadas por tempo prolongado do DNP pode provocar o desenvolvimento de catarata, dermatite, provoca danos as células sanguíneas, pode afetar o sistema nervoso periférico como dormência nos pés e nas mãos, pode provocar convulsões, excitação e coma.

A Food Standards Agency (FSA) do Reino Unido desde 2003 vem alertando as pessoas, principalmente, os praticantes de musculação que diversos suplementos alimentares com a finalidade de “queimar gordura” apresentam em sua composição o DNP, e informando que as cápsulas são extremamente perigosas para a saúde humana, a agência aconselha que não deve ser ingeridos tais suplementos com DNP, porém, tais informações não são suficientes, uma vez que mais casos ao longo dos anos foram relatados devido ao consumo deste produto.

Medicamentos, drogas e compostos químicos são comercializados de forma fácil pela internet, as pessoas fazem o uso de tais compostos sem conhecimento sobre os efeitos nocivos à saúde.  No Brasil e em outros países, é uma prática comum a venda desses produtos pela internet, são diversos os sites que comercializam esses produtos.

 

REFERÊNCIAS, NOTAS OU LINKS

http://toxnet.nlm.nih.gov/cgi-bin/sis/htmlgen?HSDB

http://www.atsdr.cdc.gov/substances/toxsubstance.asp?toxid=132

http://www.cdc.gov/niosh/ipcsneng/neng0464.html

http://www1.folha.uol.com.br/bbc/2013/04/1268413-jovem-britanica-morre-apos-tomar-agrotoxico-vendido-como-remedio-para-emagrecer.shtml

{loadmodule mod_convertforms,Convert Forms}