Mortes do Condor da Califórnia provocadas pela intoxicação por chumbo

O Condor da Califórnia é uma das maiores aves do continente Americano. A espécie está classificada pela União de Conservação da Natureza (Union for the Conservation of Nature) como criticamente em perigo. Em um esforço para se salvar a espécie, 166 aves vem sendo gradualmente reintroduzidas no Arizona e Utah desde 1996.

Das aves introduzidas, 86 morreram ou desapareceram, e os especialistas têm indícios para afirmar que ao menos 38 morreram pela ingestão de fragmento de chumbo nas carcaças e órgãos de animais mortos por caçadores e consumidos pelos condores, pois estes são necrófagos e se alimentam de uma grande quantidade de carniça.

Segundo o Centro para a Diversidade Biológica (Centre for Biological Diversity) as mortes de aves por intoxicação de chumbo podem ser prevenidas se munições de chumbo forem banidas como o foram as tintas e gasolina contendo chumbo.

 

Mesmo com a distribuição pelo Departamento de Caça e Pesca do Arizona de munições de cobre, alguns caçadores insistem em usar munições de chumbo. Como resultado, a cada ano, pelo menos metade da população de condor da Califórnia necessita ser submetida a tratamento de quelação para a redução dos níveis de chumbo no sangue.

Um grupo de cientistas, doutores e especialistas em Saúde Publica, recentemente lançaram um documento explicando os perigos do Chumbo para a Saúde Publica e o meio ambiente, e pedindo a eliminação progressiva das munições de chumbo.

 

Leia o documento em

http://escholarship.org/uc/item/6dq3h64x

{loadmodule mod_convertforms,Convert Forms}