(11) 3868-6970

Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil (PGRCC)

O Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil (PGRCC) é um documento que tem como objetivo orientar e organizar a gestão dos resíduos gerados durante a execução de uma obra ou reforma.

O PGRCC deve ser elaborado por um profissional especializado que compreenda todas as fases das atividades que serão executadas durante o empreendimento.

Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil (PGRCC) é um documento estratégico que estabelece as diretrizes e procedimentos para a correta gestão dos resíduos gerados em obras e atividades da construção civil. Esse plano visa promover a redução na geração de resíduos, a reutilização e a reciclagem de materiais, bem como a destinação adequada dos resíduos, visando à proteção do meio ambiente e à promoção da sustentabilidade na indústria da construção.

Sustentabilidade Ambiental

Contribui para a redução da geração de resíduos e o aproveitamento adequado dos materiais, minimizando o impacto ambiental.

Conformidade Legal

Assegura o cumprimento das normativas ambientais vigentes, evitando penalidades e multas.

Economia Financeira

O gerenciamento eficiente dos resíduos pode gerar economia nos custos de transporte, destinação e reciclagem.

Como podemos ajudar sua empresa

De acordo com as normas e regulamentações do órgão ambiental competente, levando em consideração a legislação ambiental vigente e as particularidades da obra ou reforma em questão. Além disso, é importante que o PGRCC seja revisado periodicamente para avaliar sua efetividade e realizar as atualizações necessárias. A gestão adequada dos resíduos da construção civil é fundamental para reduzir os impactos ambientais e promover a sustentabilidade no setor além de atender a CONAMA 307/2002 e a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) Lei nº 12.305/2010.

identificação dos tipos e quantidades de resíduos gerados durante a obra ou reforma;

os resíduos devem ser classificados de acordo com a NBR 10004/2004 da ABNT, que estabelece as características dos resíduos e as classes de periculosidade;

deve estabelecer as medidas a serem adotadas para minimizar a geração de resíduos, bem como as medidas para a segregação, armazenamento, transporte e destinação final dos resíduos gerados;

definição das responsabilidades de cada envolvido no processo de gestão dos resíduos gerados na obra, como os transportadores, centrais de transbordo e os destinadores finais;

estabelecimento de um sistema de monitoramento e controle do gerenciamento dos resíduos para garantir a efetividade das medidas adotadas e o devido rastreio dos resíduos.

Se interessou pelo serviço?

Estamos prontos para te ajudar.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.